Hino de Almas e Angola

(Compositor: Giovane Martins – 1986)

 

Almas e Angola querida

Vieste da luz refletida

Trazendo Energia e Amor.

Cabem a nós seguidores

Levarmos velas e flores

Em procissão ao Senhor.

Na veste de São Miguel Arcanjo

O padroeiro e o Anjo

Que a todos nós consagrou.

 

És a imensa magia,

És a luz que contagia

Essa terra de esplendor. (Bis)

 

Nos quatro cantos sagrados

As cruzes são o chamado

Da força do teu tambor.

Tens o destino traçado

O caminho já marcado

Por Orixás em louvor.

A estrela Dalva irradia

É a força que nos guia

Aos Ancestrais de Banto.

 

Somos fieis escudeiros

Filhos de fé no Terreiro

Propagando a luz do Amor. (Bis)

 

O Hino de Almas e Angola, de autoria do babalorixá Giovani Martins, Coordenador de Projetos - Uniafro,  foi apresentado e oficializado no evento intitulado  Semana Cultural e Pedagógica Zumbi dos Palmares - 2005, promovido pela Uniafro - União de Cultura Negra em Santa Catarina, pelo Deputado Duduco e CEUCASC, de 14 a  20 de novembro de 2005.  O Hino foi apresentado ao grupo das iyálorixás e babalorixás mais antigos do culto de Almas e Angola, intitulado pela Uniafro de G-21, sob a interpretação da iyálorixá Maria Alice, acompanhada ao atabaque pelo babalorixá Omobáomí, de nação Omoloko (Apolônio A da Silva), Coordenador Geral da Uniafro, na Sala de Imprensa da Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, no dia 15/11/2005.

Estavam presentes ao evento, além dos babalorixás e iyálorixás do grupo G-21, o presidente do CEUCASC (babá Jayme de Oxalá), a presidente de honra do CEUCASC (Jeci Câmara da Silva), a secretária da Uniafro (Hélia Fernandes) e o representante do deputado Dudoco (Sr. Madeira).

Em 13/07/2006, foi apresentada uma nova versão com pequena alteração, solicitada por alguns adeptos de almas e Angola. Foram retiradas as alusões à yalorixá Mãe/Vó Ida, fundadora do Culto de Almas e Angola em Santa Catarina. Essa nova versão foi apresentada no Centro Espírita de Umbanda são Cosme e Damião, do zelador de orixá Clóvis Tupinambá Alves Barbosa (Clóvis de Ogum Megê), à rua Pedro André Hermes, 81, bairro N. Sra. do Rosário, São José - SC, quando do lançamento do livro Ritual de Almas e Angola em Santa Catarina, de autoria do babalorixá Giovani.

Por: Apolônio A. da Silva

Coord. Geral  - Uniafro