Anjo de guarda

11/07/2013 09:54

Este texto foi escrito por Wagner Brian com o auxilio do

Babalorixá Pai Dino D' Iemanjá

 

 

Cada pessoa possui um anjo de guarda que lhe acompanha desde o momento que Deus lhe projetou, em seu nascimento, em seu crescimento humano e até seu desencarne na terra.

Para nós umbandistas nós cremos que nosso anjo de guarda está sempre conosco até nos momentos dos trabalhos mediúnicos. São eles que permitem que um Orixá ou uma entidade nos dê a incorporação e a vibração necessária para os trabalhos mediúnicos.

Por isso, sempre antes das sessões ou desenvolvimento mediúnico, para que haja uma conexão maior entre o plano astral e o terreno, se faz necessário que os médiuns tentem purificar ao máximo seu corpo material, através de banhos e acima de tudo não se esquecendo da importância que isto tem para que a manutenção do nosso anjo de guarda seja garantida.

É importante que mantenhamos um contato com nosso anjo através de orações, se possível diariamente, e firmando, num terreiro ou num local acima de nossa cabeça, uma vela com um copo d’água. Assim mantemos uma ligação mais forte com nosso anjo e afastamos todas as energias negativas e os espíritos de pouca luz.

São os anjos de guarda que nos mostram as vibrações e clareiam nossa mente para receber “intuições” (que na verdade é a fala de nosso anjo) para saber que energia nos cerca e o que devemos fazer.

Devemos então “cuidar” de nosso anjo de guarda para que ele possa cuidar de nós.

Axé de Luz a todos!

 

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário